HIPERPLASIA PROSTÁTICA BENIGNA

Um perigo nem sempre visível

Marco Lipay Urologia - São Paulo, SP

Diagnóstico e Tratamento.

O aumento Benigno da Próstata Conhecido como Hiperplasia Benigna Prostática, pode resultar em dificuldades miccionais caracterizado por acordar a noite para urinar, micção lenta e prolongada, aumento da frequência miccional somado ou não a urgência miccional, jato fino e fraco, sensação de esvaziamento vesical incompleto, necessidade de urinar em 2 ou mais vezes seguidamente e até resultar em infecções do trato urinário ou formação de cálculos na bexiga. A hipótese diagnóstica é feita após uma consulta médica e um exame físico adequado que envolve avaliar o abdome, genitais externo e a próstata pelo toque retal. A solicitação de exames acessórios como exames de sangue, urina, imagem (ultrassom) e exame urodinâmico, em algumas situações confirmam a hipótese diagnóstica inicial.

 

A opção de tratamento cirúrgico é considerada para homens com problemas urinários moderados a graves que não responderam ao tratamento medicamentoso. Na maioria das vezes a ressecção transuretral da próstata (RTUP) é a melhor opção, enquanto nas próstatas muito volumosas, pode ser necessário indicar cirurgia convencional a céu aberto ou robótica.

 

A RTUP é um procedimento minimamente invasivo, sob anestesia realizado em aproximadamente 1 hora, utilizando uma microcâmera acoplada a um elemento de trabalho e um bisturi (monopolar, bipolar) ou laser, como fonte de energia.    O procedimento retira apenas a porção central da próstata (periuretral) que obstrui o fluxo urinário por compressão da uretra, mantendo-se a parte periférica da glândula. O Paciente fica hospitalizado por volta de 36 horas com uma sonda de drenagem da urina que normalmente é retirada no dia da alta hospitalar. Todos os fragmentos de próstata extraído são encaminhados para estudo no laboratório de anatomia patológica, exceto quando a fonte utilizada é o laser.

 

Os riscos de RTUP podem incluir:

   * Dificuldade temporária para urinar,infecção do trato urinário e sangramento,

   * Diminuir o volume do liquido seminal ou até ausência do mesmo, em razão de um fenômeno conhecido como ejaculação retrógrada (o liquido ejaculado é liberado para a bexiga durante o orgasmo, este fenômeno não interfere na atividade sexual, mas interfere na capacidade de um filho).

   * Disfunção Erétil, Dificuldade em segurar a urina, incontinência, estreitamento da uretra e colo da bexiga, eventos raros, mas podem ocorrer.

Após o procedimento recomenda-se que as atividades sexuais, físicas e profissionais (que necessite de esforço físico) fiquem suspensas no primeiro mês, pós cirúrgico.

 

A RTUP, geralmente, alivia os sintomas urinários de modo bastante rápido, melhorando consideravelmente a qualidade de vida do homem, experimentando um fluxo de urina mais forte e mais calibroso, urinando em menor tempo com sensação de esvaziamento vesical completo. Vale lembrar que o acompanhamento Urológico se faz necessário, considerando outras doenças podem acometer a próstata, entre elas o Câncer.

 

Referências:

Sociedade Brasileira de Urologia (SBU)

European Association of Urology (EAU)

American Urological Association (AUA)

 

 

Dr Marco Lipay

Cremesp 73891 RQE: 33972

Doutor em Cirurgia (Urologia) pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo)

Titular em Urologia pela Sociedade Brasileira de Urologia

Membro Correspondente da Associação Americana de Urologia

Autor do Livro Genética Oncológica Aplicada a Urologia

Minuto Urologia - Hiperplasia Benigna Prostática

Veja também

Câncer de Rim

Os rins são órgãos de cor vermelho escuro, semelhantes a feijões pesando aproximadamente 150g e estão localizados na porção superior da região lombar.

Varicocele

A Varicocele é a dilatação das veias dos testículos (espermáticas) e pode estar presente em até 30% da população masculina em geral.

Reposição Hormonal

A testosterona é o hormônio predominante no sexo masculino e está envolvida em uma infinidade de processos fisiológicos e bioquímicos. É mais conhecido pela ação sobre o desenvolvimento e manutenção das características sexuais masculinas.

urologia

MarcoLipay

agende uma consulta

Dr Marco Lipay
Dr Marco Lipay

Titular em Urologia pela Sociedade Brasileira de Urologia

Titular em Urologia pela Sociedade Brasileira de Urologia

Doutor em Cirurgia - Urologia - pela Universidade Federal de São Paulo

Residência em Urol. pelo Instituto de Urol. e Nefrologia de SJRPA

Doutor em Cirurgia - Urologia - pela Universidade Federal de São Paulo

Residência em Urol. pelo Instituto de Urol. e Nefrologia de SJRPA

Autor do Livro Genética Oncológica Aplicada a Urologia

Autor do Livro Genética Oncológica Aplicada a Urologia

Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Catanduva

Membro Correspondente da Associação Americana de Urologia

Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Catanduva

Membro Correspondente da Associação Americana de Urologia

Diagnóstico e Tratamento.
Diagnóstico e Tratamento.