Como evitar doenças graves

Por Marco Lipay - São Paulo, SP

Como evitar doenças graves

A Escola de Medicina de Harvard, em recente publicação, apresentou dados estatísticos do Centro para Controle de Doenças e Prevenção nos Estados Unidos, revelando que as principais causas de morte em homens adultos são alteradas de acordo com a idade. Muitas dessas ameaças são construídas ao longo dos anos e relaciona-se a opção e estilo de vida. Destaca-se: os hábitos alimentares, vacinação, prevenção as doenças sexualmente transmissíveis, a presença ou não de atividades físicas regulares, o uso de bebidas alcoólicas, drogas ilícitas e do tabagismo. Uma vez que aprendemos e começamos a mudar o estilo de vida, diminuímos a probabilidade de desenvolver doenças como maior ou menor letalidade.

 

A Tabela apresentada resume as principais causas de mortes entre homens a partir da meia idade.

 

A Dica é: Aprender a ter hábitos saudáveis prolonga a vida.

IDADE 55 - 64 ANOS

 

IDADE 45 - 54 ANOS

 

IDADE 35 - 44 ANOS

 

CÂNCER 32,0%

DOENÇAS DO CORAÇÃO 23,4%

ACIDENTES 23,7%

DOENÇAS DO CORAÇÃO 25,8%

CÂNCER 22,4%

DOENÇAS DO CORAÇÃO 16,5%

ACIDENTES 5,0%

ACIDENTES 12,1%

CÂNCER 11,5%

DOENÇAS PULMONARES CRÔNICAS 4,1%

SUICÍDIO 5,4%

SUICÍDIO 10,7%

DIABETES  3.7%

DOENÇAS CRÔNICAS DO FÍGADO 5,0%

HOMICÍDIO 4,7%

DOENÇAS CRÔNICAS DO FÍGADO 3,4%

DIABETES  3.0%

HIV / AIDS 4,1%

AVC 3,3%

AVC 2,9%

DOENÇAS CRÔNICAS DO FÍGADO 3,5%

SUICÍDIO 2,4%

HIV / AIDS 2,4%

DIABETES 2,4%

DOENÇAS RENAIS 1,5%

DOENÇAS PULMONARES CRÔNICAS 1,9%

AVC 2,3%

SEPSE 1,3%

10º

HEPATITE VIRAL 1,7%

10º

GRIPE OU PNEUMONIA 1,0%

10º

IDADE 85+ ANOS

 

IDADE 75 - 84 ANOS

 

IDADE 65 - 74 ANOS

 

DOENÇAS DO CORAÇÃO 32,4%

DOENÇAS DO CORAÇÃO 26,7%

CÂNCER 34,4%

CÂNCER 15,6%

CÂNCER 34,4%

DOENÇAS DO CORAÇÃO 25,0%

AVC 6,1%

DOENÇAS PULMONARES CRÔNICAS 7,8%

DOENÇAS PULMONARES CRÔNICAS 7,2%

DOENÇAS PULMONARES CRÔNICAS 5,9%

AVC 5,4%

AVC 4,1%

ALZHEIMER 5,0%

DIABETES  3.0%

DIABETES  3.7%

GRIPE OU PNEUMONIA 3,8%

ALZHEIMER 2,9%

ACIDENTES 2,5%

DOENÇAS RENAIS 2,7%

GRIPE OU PNEUMONIA 2,4%

DOENÇAS RENAIS 1,9%

ACIDENTES 2,5%

DOENÇAS RENAIS 2,3%

GRIPE OU PNEUMONIA 1,5%

DIABETES  2,2%

SEPSE 2,3%

DOENÇAS CRÔNICAS DO FÍGADO 1,5%

MAL DE PARKINSON 1,6%

10º

MAL DE PARKINSON 1,8%

10º

SEPSE 1,4%

10º

Veja também

Cálculo Renal

Dados apresentados pela Sociedade Brasileira de Urologia Secção São Paulo, no último mês, mostram que os cálculos renais são altamente prevalentes em todo o mundo e vem aumentando nos últimos anos devido as mudanças de hábitos.

Disfunção Erétil

Há praticamente 30 anos, a disfunção erétil (DE) é reconhecida como um problema de saúde masculina, considera-se até mesmo como um marcador ou indicador para outras doenças. O paciente vai ao consultório do Urologista com queixas de falha de ereção e o médico descobre outras doenças.

HPV

Dados do Ministério da Saúde mostram que aproximadamente 291 milhões de mulheres no mundo têm HPV e dessa população, estima-se que um terço estão infectadas pelo subtipo 16 e 18 e são estes, os tipos virais, que desenvolvem a maioria dos casos de câncer de colo do útero.

Topo

Links Rápidos:
Dr Marco Lipay:

*Doutor em Cirurgia - Urologia - pela Universidade Federal de São Paulo

*Titular em Urologia pela Sociedade Brasileira de Urologia

*Residência Em Urologia pelo Instituto de Urologia e Nefrologia de São José do Rio Preto

*Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Catanduva

*Autor do Livro Genética Oncológica Aplicada a Urologia

*Membro Correspondente da Associação Americana de Urologia

Endereços:
Consultório
Rua Cantagalo, 692
Tatuapé, 03319-000
São Paulo - SP - Brasil